PostGreSQL em MS Windows

Clique aqui para acessar o conteúdo.

Continuar lendo

Publicado em BD I - Banco de Dados I, BD II - Banco de Dados II, BDG - Banco de Dados Geográficos | Deixe um comentário

TADS 2 – REDIS – NoSQL

Material sobre REDIS testado na versão 2.8 clicar aqui.

Publicado em TADS 2 - Tópicos em Análise e Desenvolvimento de Sistemas II | Deixe um comentário

TADS 2 – MongoDB – NoSQL

Material sobre MongoDB testado na versão 2.6 clicar aqui.

Continuar lendo

Publicado em TADS 2 - Tópicos em Análise e Desenvolvimento de Sistemas II | Deixe um comentário

BDG – Introdução a Banco de Dados Geográficos

Aulas de introdução de Banco de Dados Geográficos.

Clique aqui para acessar versão ZIP!

 

Publicado em BDG - Banco de Dados Geográficos | Deixe um comentário

BDI – Álgebra Relacional

Para acessar o conteúdo discutido em aula clicar aqui.

Material complementar da DevMedia: Álgebra relacional parte 1 e parte 2.

Software online para prática da álgebra relacional da  University of Innsbruck,  da  Aústria:

RelaX – relational algebra calculator  hospedado no github no endereço:

Continuar lendo

Publicado em BD I - Banco de Dados I | Deixe um comentário

BDI – SQL – DDL – Sintaxe básica

Tipos de dados vistos em Aula:

BIGINT – Inteiro longo de 8bytes com sinal, escolhido também em aula para as chaves primárias.

VARCHAR(N) – Tipo String, exemplo NOME VARCHAR(100) aceita uma string de 100 caracteres máximo.

CHAR(N) – Tipo String de tamanho fixo, ou seja, usa todo o tamanho,unidade federativa: UF CHAR(2), RS,TO,ES,PI,… usa os dois caracteres sempre.

NUMERIC(P,E) usado para dados numéricos com precisão. SALARIO NUMERIC(6,2), guarda um valor de 9999,99

INTEGER – Inteiro de 4 bytes com sinal SERIAL – inteiro de quatro bytes com auto-incremento, usado em chaves primárias.

Tipos de dados apartir da documentação oficial http://pgdocptbr.sourceforge.net/pg80/datatype.html

COMANDOS: PRIMARY KEY define a chave primária da tabela.

FOREING KEY(COLUNA) REFERENCES TABELA define a chave estrangeira, se houver, na tabela.

NOT NULL complemento de coluna para não aceitar nulos, ou valores em “branco” ou desconhecidos. Continuar lendo

Publicado em BD I - Banco de Dados I | Marcado com , , | Deixe um comentário

Link para códigos fontes e diagramas

Hospedados no  google sites – https://sites.google.com/site/alexevalerio/

Publicado em Diagramas, Fontes e outros | Marcado com | Deixe um comentário

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA / JSON – CRUD completo

Leia antes:

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 1

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 2

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 3

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 1

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 2

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 3

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 4

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 5

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 6

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 7 Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON (cliente) – parte 7

Antes leia:

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 6

Agora vamos consumir o Web Service em um programa desktop (pode ser adpatado para funcionar no Android) .

Crie num novo projeto, chamado consometdsiWS tipo Aplicação Java. Dentro dele faça um cópia do pacote Model juntamente com as classes Marca.java e Modelo.java.

Vamos retirar todas as anotações (annotations) JPA (retire os imports também) e deixar somente as Jackson como abaixo:

Marca.java Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 6

Antes leia:

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 5

Como visto no artigo anterior, foi adicionado anotações Jackson na classes Marca.java e Modelo.java.  Agora vamos utilizá-los no Web Service TdsiResource.java .

Abaixo como está o código TdsiResource.java: (imports estão omitidos) Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário