TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 5

Antes leia:

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 4

Depois de configurado o mapeador Jackson, vamos fazer as seguintes mudanças nas classes Marca.java e Modelo.java.

Primeiramente vamos adicionar marcações Jackson. Elas ajudam o mapeador com as relações circulares que a JPA utiliza, pois o GSON se perde. Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 4

Antes leia:

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 3

Primeiramente vamos apenas ler os dados, para isso precisamos popular as tabelas no banco de dados, optamos, por enquanto, alimentá-las diretamente com SQL.

Acesse e rode no Banco de dados tdsi os seguintes comandos SQL.

link dos comandos SQL Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 3

Antes leia:

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 2

Dando sequência, procure pelo arquivo persistence.xml, que agora se encontra no seu projeto na pasta “Arquivos de Configuração“,  selecione-o estando mo modo Design e selecione em “Estratégia de Geração de Tabela:  Criar conforme figura abaixo. Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 2

Antes leia:

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 1

Dando sequência ao projeto tdsiWS, aonde no artigo anterior foi criado o Web Service (TdsiResource.java) vamos dentro dele utilizar JPA.

Foi adicionado ao código as variáveis factory e manager e no construtor elas foram instânciadas.

Link do código TdsiResource Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Web Services com GlassFish, JTA / JPA e JSON – parte 1

Antes leia:

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 1

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 2

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 3

Abir o NetBeans e criar o seguinte projeto, conforme figuras abaixo: Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 3

Antes leia:

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 1

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 2

Antes de criarmos o Persistence.xml (unidade de persistência), que é o arquivo que irá conter as configurações de acesso ao banco, precisamos configurar um resource (recurso de origem de dados) no GlassFish.

JNDI Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 2

Dando sequência ao artigo anterior de configuração do JTA  no GlassFish.

Pooling de conexões.

Qualquer aplicação web que acesse bancos de dados precisa estar preparada para receber vários acessos simultâneos de usuários acessando a página e ainda assim acessar o banco de dados usando uma conexão com o banco. Mas o que acontece quando o número de usuário é muito grande? Cada vez que uma requisição é feita, o servidor deve abrir uma conexão com o banco de dados e fechá-la no final da requisição? Além do tempo de latência ser grande ao ficar abrindo e fechando conexões com o banco, deixando o sistema mais lento, isso simplesmente pode deixar a aplicação inutilizável no caso de um número grande de requisições. Para evitar que isso aconteça, é recomendado o uso de um connection pool para as conexões com o banco dados. Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Configurando o GlassFish para trabalhar com JTA / JPA – parte 1

JTA 

A JTA é uma API de alto nível utilizada por desenvolvedores de aplicações para a plataforma Java. Através da interface JTA o desenvolvedor interage com o monitor de transação, normalmente implementado em um servidor de aplicações, para determinar as fronteiras de uma transação dentro de uma aplicação, isto é, através da interface JTA ele define o início da transação e determina se ela será confirmada (commit) ou não (rollback).

fonte Wikipedia. Continuar lendo

Publicado em Web Services Java Rest | Deixe um comentário

TDSI – Mapeamento objeto relacional (MOR) com JPA – ManyToMany com atributos

ManyToMany (muitos para muitos) com atributos.

Exemplo Unidirecional.

Um funcionário pode trabalhar em vários departamentos e um Departamento pode ter vários funcionários.

Classe Depto Continuar lendo

Publicado em TDSI - Tópicos em Desenvolvimento de Sistemas de Informação I e III | Marcado com , | Deixe um comentário

TDSI – Mapeamento objeto relacional (MOR) com Hibernate parte 2

No artigo anterior aprendemos a configurar o arquivo persistence.xml do Hibernate e neste post vamos configurar os POJOS  (Plain Old Java Objects (Os Singelos Clássicos Objetos Java)) .

O Hibernate e/ ou Eclipse-Link persiste classes java clássicos, nem tão clássicos pois ele faz uso de annotations. O mapeamento pode ser definido através de xml ou de maneira mais prática com anotações Java. Quando utilizamos anotações evitamos criação de extensos arquivos em xml. As anotações (annotations) estão estão no pacote javax.persistence.

Continuar lendo

Publicado em TDSI - Tópicos em Desenvolvimento de Sistemas de Informação I e III | Deixe um comentário